Seja Real Agora!


Para quem está conectado com a transformação de consciência, o período atual com dois eclipses, um lunar e o outro solar, está se mostrando muito revelador. Ao mesmo tempo, programações antigas estão vindo a tona para serem liberadas, e códigos da nova consciência estão sendo disponíveis para quem quiser integrá-los. Como sempre, essa dinâmica de transformação pode criar um certo desconforto que conhecemos bem a essa altura do caminho, e que para muitos ainda, é o único motor da transformação já que é preciso aliviar um desconforto que se tornou insuportável.

Essa dinâmica poderia fluir livremente si não tivesse esse bom velho hábito de jogar a culpa daquele desconforto sobre algo que está fora de nós, quer seja pessoas, instituições, sociedade, vida, Deus... A certo ponto, pode ser até importante examinar com mais cuidado essa tendência em procurar as causas e soluções fora de nós, e isso vale também para as pessoas que estão praticando alguma ou outra atividade de autoconhecimento.

Para quem não tomar cuidado, é muito simples cair nessa armadilha da entrega do poder criativo, e são muitas pessoas para as quais esse ponto foi entendido apenas teoricamente, e para quem no dia a dia a armadilha foi transferida para aquela prática ou atividade, leitura, pessoa que escolheu para inspirar seu caminho. Toda essa ajuda tem como única função de proporcionar ferramentas, inspiração, dinâmicas que estejam facilitando a transformação. Em nenhum caso pode uma ferramenta executar o trabalho de transformação em si. Essa transformação é a nossa parte, e lembro que porque temos o livre arbítrio, não tem como ser de outra forma.

Isso não tira nenhum merecimento dessas atividades ou ajudas, já que elas são sem dúvida um fator de crescimento dos mais bem-vindos. A armadilha da qual estou falando, é essa tendência a identificar-se com aquela prática, leitura, pessoa... achando que ela é a nossa transformação, ou que essa transformação vem daquilo. Não é o caso, de tão eficiente que essa ajuda seja, ela não pode fazer a nossa parte como por exemplo integrar totalmente e sustentar a transformação.

Pois é, é apenas quando integramos e sustentamos a transformação em nosso processo que a teoria se torna prática, que se apropria aquele conhecimento, que a transformação almejada se torna real, e não uma imitação pálida digna de um papagaio repetindo aqueles preceitos cuidadosamente aprendidos.

Por isso, é importante ser real na vida e no seu processo de autoconhecimento. Não tem que fingir que é algo enquanto na verdade, naquele momento, esse algo é apenas um ideal que está nutrindo. Caso sentir alguma emoção desagradável por exemplo, porque tentar negar o que está acontecendo? Só porque não deveria ser assim de acordo com suas leituras ou com seus estudos? Isso seria mais uma vez entregar sua experiência a ilusões e privar-se de muitos presentes. Os desafios e dificuldades que a vida nos oferece são tantos sinais reais e precisos que nos indicam quais são as áreas que precisamos ainda transformar. Todos eles são presentes, não por proporcionar o desequilíbrio, mas sim pelo uso que podemos fazer deles para impulsionar a nossa transformação.

Não podemos esquecer que não estamos presos a nenhuma dessas polaridades: de um lado engolir sapo frente a tudo o que esteja acontecendo, do outro lado dar vazão à expressão de todo desconforto que esteja percebido. Por experiência, nenhuma dessas opções pode realmente ser construtiva a longo prazo. A única solução reside em transcender essa polaridade, e isso quer dizer utilizar o desconforto desses sinais para nossa transformação sem se deixar envolver no desequilíbrio que eles sugerem.

Cuidado então a não adotar um comportamento “espiritualmente correto”, sobe o pretexto de que seu ideal não permite tal ou tal coisa. Nenhuma transformação real poderia nascer de tamanha mentira consigo mesmo. Claramente, que isso não se torne uma desculpa para não se empenhar no seu caminho pessoal. Sim, podemos ser a transformação que queremos. Para isso, é preciso ser real aqui e agora, porque a transformação é a expressão dessa verdade.

Com Amor,
Philippe
Mestre de New Paradigm MDT
Cursos New Paradigm Basic Master & 13D Master
www.shamballabrasil.com


 
^ Voltar ao Topo